quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Campeonato Mineiro 2009

Neste último fim de semana (28 e 29/11) aconteceu em BH a semifinal do campeonato mineiro de 2009. Os resultados podem ser vistos na página da FMX.

Para minha alegria dois de meus amigos conseguiram a classificação para a final: Daniel de Freitas Castro (Ponte Nova) e Laerte Dias de Carvalho (Viçosa). Parabéns rapazes!

Uma coisa que me deixou intrigado foi a ausência de alguns nomes importantes do xadrez mineiro. Citarei apenas alguns que me lembro: de BH, MF João Bosco Ladeira, Sheridan Ribeiro e Nelson Castelo Branco. De Montes Claros, o MI Wellington Rocha e Sérgio Eduardo Oliveira, a sensação da final de 2008. De Uberaba, Xico Xadrez. De Lavras, Julio Bueno. De São Sebastião do Paraíso, a fera Evandro Amorim Barbosa (esse menino vai longe, pode escrever). E ainda os professores Gerson Peres Batista e Julio Lapertosa.

Também quero lembrar que várias regiões com bom movimento enxadrístico não tiveram representantes, como a Zona da Mata (Juiz de Fora), Leste de Minas (Valadares e T. Otoni), Norte de Minas (Janaúba) e Triângulo Mineiro (Uberlândia).

Afinal, qual será o problema para tão pouca participação nesta semifinal? Apenas 54 enxadristas disputaram as 10 vagas para a final. Gente, este é o mais importante evento do estado! É o torneio que define o Campeão Mineiro de 2009!

Vamos imaginar algumas possíveis razões: falta de divulgação? conflito de calendário? patrocínio? grana? o caráter amador do esporte? Este último motivo talvez seja o mais forte, uma vez que conheço alguns enxadristas que não participam de torneios por motivos profissionais. Se bem que este torneio, diferente do ano passado, foi jogado apenas sábado e domingo, o que, teoricamente, permitiria um maior comparecimento. 

Citei a questão financeira porque é claro que é um bom motivo, pois eu mesmo deixei de participar dos últimos torneios por falta de grana! Bem, eu sou apenas um velho capivara que não faz muita diferença,  embora faça número. No entanto, a presença de alguns dos nomes que relacionei acima iria abrilhantar ainda mais o evento.

Quero deixar bem claro que isto não é uma crítica à FMX, em absoluto. Acho que a atual direção está fazendo um excelente trabalho. Este ano foram realizados vários torneios classificatórios para o campeonato mineiro, muitos torneios do circuito escolar e ainda quatro Abertos do Brasil. Nunca nosso estado teve tantos torneios assim em um mesmo ano! Dê uma olhada no calendário 2009 e comprove.

Para finalizar fica a questão: o que precisa ser feito para que haja uma maior integração do xadrez mineiro e, principalmente, uma maior participação de nossos melhores enxadristas?

4 comentários:

Laerte disse...

Mario,
Realmente Você está correto!!!
Pelo que foi dito por lá, alguns com rating muito alto ficaram receiosos em abaixar demasiadamente.Estes visam o Título de Mestre Internacional, teriam que ganhar de todos e isso era um risco, desnecessário, uma vez que já tem o Título de Campeão Mineiro. Outros por causa da Premiação, igual ao de um Classificatório qualquer.
É isso, meu Rating deve sair 1 Janeiro, e é provável que será >2000. Acredito que minha força esteja por volta de 2200. Vamos aguardar. Valeu, é um prazer poder participar de sua página. Parabéns ao Daniel, de qualquer forma não foi fácil classificar. Bons Jogadores como o Maico e o Rogério ficaram de fora. T+ Laerte

Masegui disse...

Laerte,

Valeu, cara, obrigado. É uma pena que seja assim, mas como eu disse no post, a FMX está fazendo um ótimo trabalho. O que falta, talvez, seja patrocínio, para oferecer melhores premiações e atrair a galera forte.

Prepare-se bem para a final e senta a púa, estarei torcendo por você!

Abração,

Sergiosxadrez disse...

Caro amigo Masegui,fiquei muito feliz com seus comentarios sobre a semi final do Mineiro 2009.
Na minha opinião o que desanima os jogadores fortes eh a premiação,tambem tenho a mesma opinião sobre o trabalho da FMX,porem eh notorio que algo esta errado e precisa melhorar,afinal como vc disse ,temos um bom nivel de xadrez e os profissionais precisam ser respeitados,ou senão os iniciantes perderam seus referencias.Abraços .Sergio Oliveira

Masegui disse...

Sérgio,

Muitos dos problemas que assolam o xadrez mineiro podem ser resolvidos ou minimizados com união, trabalho e bom senso. Eu tenho algumas sugestões e pretendo apresenta-las em uma futura postagem.

Obrigado pelo comentário, volte sempre!

Mário Sérgio