domingo, 13 de dezembro de 2009

Capivara de molho!

Tenho uma notícia boa, outra ruim, qual vocês querem primeiro? :)

Segunda-feira, 07/12, tornei-me o aposentado mais fresco do Brasil! Agora é oficial. Com a vantagem de não poder ser taxado de vagabundo pelo FDP, digo, FHC, pois tenho mais de 50 anos! Agora é só beber cachaça e jogar xadrez. Êta ferro, tô véio, mesmo!

Na terça sofri um acidente doméstico... lavando um prato! Ele escorregou da mão e, sabe aquela reação instintiva de tentar segurar algo que cai? pois é, me lasquei! Corte profundo no pulso esquerdo e confusão armada: sanque pra todo lado, patroa desesperada, menino pulando da cama, enrola pano daqui, estanca sangue dali, um auê danado! O capivara ferido foi quem se manteve mais calmo!

Corri pro hospital (aqui do lado) onde passei três dias! Rompeu tendão, nervos e foi preciso cirurgia. Ainda tomei pau no risco cirúrgico pois descobriram que eu tenho um problema na "válvula mitral" - eu nem sabia que tinha esse troço! Depois passei no exame de recuperação e fui operado.

A propósito, eu sempre digo que médico é igual mecânico de automóvel, sempre encontra um defeito. Você pode estar vendendo saúde, mas alguma coisinha ele acha. Segundo o "dotô" o problema no meu coração é simples e resolve-se clinicamente. Também pudera! Um lugar frequentado por Nastassja Kinski, Juliana Paes e afins não pode estar mal!

Claro que minha estadia no hospital não ia ficar barato, lá eu tenho muitos "amigos". Diziam pelos corredores que o acidente "foi um prato jogado pela patroa!" e outras gracinhas como "foi você que tentou o suicídio?". Eu mereço!

Foram três dias preso dentro de um quarto, sem fumar e beber. Não se pode viver assim! Eu já tinha frequentado hospitais algumas vezes, mas como figurante ou coadjuvante, como protagonista foi a primeira vez. Espero que seja a última!

E aqui estou eu: abstinência, antibióticos e digitando com uma só mão. O braço esquerdo fica pendurado por mais uns 20 dias. Valei-me são Cipriano!

PS.: O acidente aflorou minha veia poética (sem trocadilho, please):

Poeminha Acidental

O xadrez é como a vida
É uma luta renhida
E só vence quem labuta

Joga-se com uma mão só
(cacofonia? tenha dó)
E uma cabeça astuta

Ser um mestre é coisa rara
O que mais tem é capivara
Que nunca abandona a luta

Todo Capivara é igual
Sempre se acha o tal
E isto ninguém refuta

Capivara na cozinha, então
Com prato, bucha e sabão
Só tolera quem é biruta

É preciso estar ciente
Que haverá um acidente
Conselhos: jamais escuta

Mas se o descuido é fatal
O auto-elogio é normal:
Toma, seu filho da mãe! 


12 comentários:

Serjao disse...

Ô meu velho, na verdade, é uma notícia ótima e uma péssima... Novamente, estou feliz com o desfecho do caso da aposentadoria, muito bom, ainda está me devendo os detalhes que cobrei. Já o acidente, pensei ser coisa mais simples. 3 dias no hospital! hhmmm, aí é duro mas, há que se procurar um lado positivo: fez bem para os pulmões e as tubulações, com certeza os níveis de nicotina e álcool cairam bem :) As notícias tinham que ser postadas junto mesmo, o acidente tem tudo a ver com a aposentadoria, é claro. Oficialmente não faz nada, vai lavar prato (nunca imaginei que justo vc chegaria a este ponto) mas, velho com louça é perigoso, a mão já treme, a coordenação já falha, o reflexo, cadê?, como não pegou o prato no ar ou, no mínimo, matou ele no peito do pé? Melhor ficar no quarto com o tabuleiro de xadrez, tudo de madeira, sem perigo :)) Agora já posso rir, vi a foto, está tudo bem. Enquanto escrevia, passou aqui pelos meus grugumios outra possibilidade para o acidente: íamos jogar na quarta e a possibilidade de perder para o discípulo sempre o apavora... Bem, vai treinando, mais dia menos dia vai ter que se bater comigo, não tem escapatória, é questão de tempo, vou continuar lançando desafios, aliás, já está valendo um para o Reveillon, ao vivo e a cores lá no Sítio das Cores. Para mover peças com o mouse ou no tabuleiro real e para bater no relógio uma mão é mais do que suficiente. Resposta aqui no blog, quero que a desculpa seja de domínio público.

A trova, bem, a Cora tb. começou assim e com uma idade próxima.

Abração e melhoras amigão. Juízo!

ghandy disse...

Masequi,
Antes de tudo melhoras, eu sei o que vc esta passando fiquei 5 dias no lifecenter por causa da Dengue-Hemorrágica em março de 2009.
Vou rezar muito para vc parar de fumar, além de piorar o quadro da válvula mitral, diminui sua capacidade mental para jogar xadrez.
Saúde amigo,

Masegui disse...

Serjão, meu velho,

Você é meu amigo ou amigo da onça? Lembrei do caso de um amigo meu que sempre dizia "não me ajuda, não, pelo amor de Deus!!" :)

O corte foi feio, mesmo, mas foi pura distração e não pelo fato de estar velho e gagá como você "sutilmente" sugeriu. Mas é um absurdo, né, nunca quebrei um osso do corpo mesmo tendo jogado futebol a vida inteira. Aliás, eu jogava muito bem e você, que já tomou muitas "canetas", é testemunha. :)

Quanto à nossas partidas podemos começar esta semana, embora seja muito arriscado pra você, pois como não estou bebendo suas chances de arrancar um mísero empate são mínimas!

Gostei muito do esquema no Reveillon, a Cici vai estar em Guarapari (é quase certo) e vou estar livre, leve e solto, prontinho pra arrancar o couro de certos capivaras!

Abração, meu irmão!

Masegui disse...

Welton,

Valeu, meu caro, obrigado pela força.

Daniel Castro disse...

"Um lugar frequentado por Nastassja Kinski, Juliana Paes e afins não pode estar mal!"

Hahaha, ótima essa.

Masegui disse...

Daniel,

No xadrez sou capivara assumido, mas na palhaçada já tenho várias normas de GM!

gbsalvio disse...

É brincadeira isso ?? Caramba isso mais parece "estória" de um sujeito que conheço lá das bandas de Brasilia...Ve se ajeita do melhor possivel modo amigo. Um abraçõa do amigo paulista...

Masegui disse...

Grande Sávio!

É, rapaz, esse seu amigo passou uns apertinhos, mas agora está ficando tudo bem.

A única coisa que tá pegando é a birita, não vejo a hora de poder tomar minha cervejinha... minha cachacinha... sacumé, né!

Serjao disse...

Bom, então vamos formalizar o encontro do Reveillon (eu ainda estou um tanto quanto desconfiado, gato escaldado, mas...): sábado, dia 02, eu te espero lá no Sítio. Vai estar vazio, parte do pessoal viajando, bom para jogar e prosear, te espero para almoçar conosco já que vai estar sozinho. Se Cici não viajar, então espero ambos para o almoço e ela troca o mar pela piscina. Digo ambos imaginando que os rapazes não queiram ir, se quiserem vira festa. Abraços.

Masegui disse...

Serjão, meu velho, você não vai começar o ano perdendo! O problema no braço é mais sério do que eu pensava: tala de gesso até 12/01 e depois fisioterapia. Até lá estou proibido de movimentar o pulso e não posso dirigir. Dudu me carrega pela cidade, mas é ainda muito cru no volante para eu deixa-lo pegar estrada. A Cici não vai mais à praia por causa disso. Resumindo, Abre Campo só por um milagre. Pode comemorar, meu velho, você escapou de novo...

Ps: O Blogger esteve inacessível por mais de 24h em grande parte do Brasil. Por segurança vou enviar esta resposta via email também.

Serjao disse...

Bom, já que no Reveillon não vai dar e aproveitando a deixa de que "vc vai ficar na minha cola para jogar", eu proponho amanhã (sábado), qualquer hora a partir das 13h.

Masegui disse...

Então tá, hoje à tarde. Lembrando que hoje é dia de trocar os curativos... mas damos um jeito.

Mesmo parado há tempos e com um braço só, serei obrigado a bater no amigo... inté!