quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Semifinal do Mineiro - Nova Lima (8)

Mário Sérgio Guimarães x Warlon Nascimento
Camp. Mineiro 2008 - Semifinal - Nova Lima(MG)
6ª rodada - 07/12/2008

Finalmente uma vitória. Partida fuleira, é verdade, mas o que importa é que fiz um pontinho. Eu jogava rápido e despreocupado até que Robson, meu companheiro de cerveja, aproximou-se da mesa. Ele havia perdido para o Warlon na rodada anterior e estava interessado na partida. Lembrei-me de Rogério Fontoura comentando "Robson estava muito melhor, complicou o jogo e perdeu". Senti-me na obrigação de vingar o amigo de boteco.

Acho que a presença do Robson deixou o garoto nervoso, pois ele capivarou seguidamente nos lances 30, 31 e 32 e me entregou o jogo de bandeja. Três lances depois fiquei com dama por torre e comecei a completar a planilha... mas o garoto não abandonou! Fui levando em banho-maria, rapei-lhe os peões, avancei os meus e pimba, troquei dama por torre, acabando com qualquer esperança. Agora sim, vamos assinar a súmula, né? o quê? ainda não?

Durma com um barulho desse, semifinal do mineiro, mais de 20 minutos no relógio e vou ter que dar mate. Começou a juntar gente em volta do tabuleiro e lembrei-me do episódio das 3 damas! Fiquei aborrecido. Coroei o peão e saí pra pitar um cigarro, deixando todo mundo lá, com cara de mané! Quando voltei, ainda chateado, peguei a dama e dei o primeiro xeque que vi pela frente, deixando passar mate em 3 com Qg8, Qg7, Qg4 mate!

Após a partida Robson me contou que quando saí pra fumar o garoto chamou o árbitro e "requisitou o ponto" alegando que eu havia abandonado a mesa de jogo (nervoso, esqueci-me de acionar o relógio). O árbitro, logicamente, recusou e terminou tudo bem, mas... que coisa feia, hem garoto?



[Event "Camp Mineiro - Semifinal"]
[Site "Nova Lima - MG"]
[Date "2008.12.07"]
[Round "6"]
[White "Guimaraes, Mario Sergio"]
[Black "Nascimento, Warlon Lincoln"]
[Result "1-0"]

1. d4 Nf6 2. Nf3 g6 3. Bg5 Bg7 4. e3 O-O 5. Bd3 d6 6. Bxf6 Bxf6 7. c3 Re8 8.
O-O e5 9. e4 Bg4 10. dxe5 Bxe5 11. Nbd2 Nd7 12. h3 Bxf3 13. Nxf3 Bg7 14. Re1 a5
15. Qc2 Nc5 16. Rad1 a4 17. a3 c6 18. Bc4 b5 19. Ba2 Qc7 20. Ng5 Ne6 21. Bxe6
fxe6 22. c4 Bf6 23. h4 h6 24. e5 Bxe5 25. Nf3 Qg7 26. Nxe5 dxe5 27. cxb5 cxb5
28. Qc5 Rab8 29. Rxe5 Rec8 30. Qd6 Kh7 31. Rde1 h5 32. Rxe6 Rb7 33. Re7 Rg8 34.
Rxb7 Qxb7 35. Re7+ Qxe7 36. Qxe7+ Rg7 37. Qe8 b4 38. axb4 Rg8 39. Qxa4 g5 40.
b5 gxh4 41. Qxh4 Kh6 42. Qf6+ Kh7 43. Qf7+ Kh8 44. Qxg8+ Kxg8 45. b6 h4 46. b7
h3 47. gxh3 Kh7 48. b8=Q Kh6 49. Qf4+ Kg6 50. b4 Kg7 51. b5 Kg6 52. b6 Kg7 53.
b7 Kg6 54. b8=Q Kg7 55. Qfd6 Kf7 56. Qb7+ Ke8 57. Qde7# 1-0

3 comentários:

Paulo disse...

Aê Mário. Quase perdeu no grito? Não pode esquecer de bater no relógio não, menino!

Sir Augusto disse...

hsuaheiuasheiuaheiuahe

q garoto atrevido! haueha querendo ganhar no grito!

Esse torneio foi cheio das histórias, cruz credo! o.o

Masegui disse...

Paulo,

Pois é, cara, fiquei irritado e acabei me esquecendo.

Daniel,

Ainda bem que tem os "causos" pra eu contar...

Abração procês,

Mário Sérgio