sábado, 7 de junho de 2008

Gbalvio e as "bunitinhas"

Nosso amigo Sávio costuma postar partidas no GDCX com o título de "bunitinha". Normalmente
são partidas em ritmo Blitz onde imperam sacrifícios e combinações mirabolantes, culminando
em belos mates. Foguetório puro, diria alguém...!

Como ele anda meio sumido do grupo, resolvi fazer-lhe uma singela homenagem postando uma de
minhas partidas com sacrifício de peça e ataques malucos. Procurei e não encontrei. Pudera,
não tenho a capacidade, o conhecimento, a ousadia e a criatividade do nosso Guru. Acredito
que estudando com afinco, dentro de uns 700 anos vou estar jogando como ele (espero que a
vírgula evite a cacofonia).

Assim, caro amigo, a partida que segue não é ao seu estilo (até tem um sacrifíco de Bispo,
recusado...) e sim ao "meu modo", ou seja, saiu da decoreba, cai o nível. Tem também o meu
característico apuro de tempo e oportunidades perdidas. A única "ligeira semelhança" com
seu estilo é a ousadia: ataquei o mais que pude.

É uma partida simples, que não chega aos pés das suas, eu sei, mas como diria um antigo
personagem do Jô Soares "foi o que pude conseguir no momento, né Sô Jorge", isto é, né
Sô Sávio!


BMFR - Masegui
FICS - 15 Minutos

1. e4 e5 2. Nf3 Nc6 3. Bc4 Nf6 {3... Bc5 seria a Abertura Italiana. Joguei a
defesa dos dois cavalos, sistema que conheço melhor.} 4. Ng5 { Continuação de
ataque mais antiga. 4.d4 leva a infinitas possibilidades...} d5
{4... Bc5, aparentemente ignorando o ataque, leva à variante Traxler, muito
jogada pelo Sávio. Qualquer dia vou estuda-la com carinho.} 5. exd5 Na5 6. Bb5+
{6.d3, como jogado por Morphy e Chigorin, também é possível.} c6 {6... Bd7 é
perfeitamente jogável, mas eu queria ver se o adversário conhecia a linha
principal.} 7. dxc6 bxc6 8. Be2 h6 9. Nf3 {9.Nh3 foi jogado por Steinitz em
1890 e revitalizado por Fischer nos anos sessenta. Nunca enfrentei tal lance.}
e4 10. Ne5 Bd6 11. Nc4?! {Antigamente o lance considerado mais forte era 11.
f4, com a provável devolução do peão. Com 11.d4 (atualmente o mais jogado) as
brancas tentam manter o peão a mais às custas de um atraso em seu
desenvolvimento. O lance do texto é considerado inferior.} Nxc4 12. Bxc4 O-O
13. O-O? {Pelo visto o parceiro não conhece a fundo esta linha. 13.Nc3
sustenta a posição, embora o ataque das pretas continue forte.} Bxh2+ 14.
Kh1 {Único! Se 14.Kxh2 Ng4+ ganhando. Por exemplo 15.Kg1 Qh4 e o branco tem
que entregar a dama. Ou 15.Kg3 h5! 16.f4 (ou d3) h4+ 17.Kh3 Nf2+ ganhando a
dama.} Bc7 15. Be2 {Aqui parece que o melhor é 15.d4.} Re8 {Um bom lance, mas
talvez 15... Qd6 g3 (forçado) 16.Qd7 (ou Qe6) forçando a penetração via h3
fosse mais forte. Há que se entender que agora que "saí do livro" o nível dos
lances vai cair. Além de minha condição de capivara, existe o problema do
tempo. No ritmo de 15 minutos (sem acréscimos) tenho que ser prático e não
posso ficar procurando os melhores lances ou arrisco a não ter tempo de dar o
mais simples mate.} 16. d3 exd3 {Novamente 16... Qd6 era a via mais rápida.}
17. Qxd3 Nd5 {Evitando a troca das madames e ameaçando entrar matando em h4.
Talvez cutucar e2 com 17... Qe7 fosse melhor.} 18. g3 a5 {Com idéia de Ba6} 19.
Qf3 Nf6 {Voltei e ofereci o peão de c6. Se ele tomar, jogo Rb8 ameaçando Bb7.
Enquanto isso penso no tempo dele!} 20. Qd3 {Recusou a oferta.} Nd5 {
Mesmo esquema, não trocar damas e economizar tempo.} 21. Nd2 {Não insistiu na
repetição, ainda bem. Eu faria qualquer besteira mas não empataria uma posição
dessa.} Bh3 22. Rg1 Nb4 {Agora até aceito trocar as meninas. Ficarei com todas
as peças ativas, cutucando e2, c2 e ainda com planos de Bb6 para também
cutucar f2. Tanto cutucão tem que dar em alguma coisa!} 23. Qxd8 Raxd8 24. Bd1
{Achou um lance que defende duas cutucadas, mas piorou a colocação das peças.
E agora cutuco novamente...} Bb6 25. a3 {Oh, resolver aderir ao método cutucativo!}
Nd5 {Respondi ao toque, preocupado em manter o pangaré. Em seguida ví que poderia
ter tomado em f2, de qualquer jeito sairia ganhando.} 26. Kh2 Bxf2 {Um peão já caiu.}
27. Rh1 Bf5 {Fiz o lance rapidamente e me arrependi em seguida. Deveria ter posto o
Bispo em e6. Se ele faz 28.Rf1 cutuca os dois padres.} 28. Bf3 { Quando ele jogou isto eu
descobri o antídoto: 28.Rf1 Bb6 29.Rxf5 Ne3!} Nf6 {Tentei manter o pangaré e não ví
28... Ne3, cutucando duplamente c2.} 29. Nc4 Ng4+ {Não riam, eu tinha 2 minutos
contra 6. Pensei numa simplificação geral com um peão a mais e minhas torres entrando
na sétima.} 30. Kg2 Bc5 31. Bf4 Ne3+ {Com o tempo e 2 peões caindo só pensei em
simplificar!} 32. Nxe3? Bxe3? {Com as trocas em mente eu não vì que 32... Rd2+
(um lance fácil de ver) ganhava uma peça!} 33. Bxe3 Rxe3 34. Rhe1? { O branco
também ficou ruim no tempo...} Rd2+ { E o tempo tá correndo... tic-tac, tic-tac...}
35. Kg1 { Outra bobagem... tic-tac, tic-tac...} Rxf3 {isto foi feito "tomaticamente".}
36. Re8+ {Isto também.... tic-tac, tic-tac...} Kh7 37. Rae1 { E isto, tic-tac, tic-tac...}
Rxg3+ {E isto, tic-tac, tic-tac...} 38. Kf1?? { ...tic-tac, tic... que beleza!...} Bh3# 0-1


[Event "FICS rated standard game"]
[Site "FICS, San Jose, California US"]
[Date "2008.06.04"]
[White "BMFR"]
[Black "Masegui"]
[Result "0-1"]
[ECO "C59"]
[WhiteElo "1730"]
[BlackElo "1643"]
[TimeControl "900"]

1. e4 e5 2. Nf3 Nc6 3. Bc4 Nf6 4. Ng5 d5 5. exd5 Na5 6. Bb5+ c6 7. dxc6 bxc6 8.
Be2 h6 9. Nf3 e4 10. Ne5 Bd6 11. Nc4 Nxc4 12. Bxc4 O-O 13. O-O Bxh2+ 14. Kh1
Bc7 15. Be2 Re8 16. d3 exd3 17. Qxd3 Nd5 18. g3 a5 19. Qf3 Nf6 20. Qd3 Nd5 21.
Nd2 Bh3 22. Rg1 Nb4 23. Qxd8 Raxd8 24. Bd1 Bb6 25. a3 Nd5 26. Kh2 Bxf2 27. Rh1
Bf5 28. Bf3 Nf6 29. Nc4 Ng4+ 30. Kg2 Bc5 31. Bf4 Ne3+ 32. Nxe3 Bxe3 33. Bxe3
Rxe3 34. Rhe1 Rd2+ 35. Kg1 Rxf3 36. Re8+ Kh7 37. Rae1 Rxg3+ 38. Kf1 Bh3# 0-1

3 comentários:

www.fegatello.blogspot.co disse...

Se você quiser um bom visualizador pgn segue o site onde se obtém uns bons. Espero que seja do seu agrado.

http://gameknot.com/

Abraços

Alberto disse...

Masegui, quer fazer troca de links por blog? Se quiser entre em contato beckerqueiroz@gmail.com

Abraços

gbsalvio disse...

Grato amigo Massegui pela peqquna "homenagem"... Quem sabe um dia volto a fazer alguma "bunitinha"...

Forte abraço do amigo gbsalvio